Manaus, 14 de Agosto de 2022

Hoje tem tribo, quadrilhas, cacetinho, xote e ciranda na Bola da Suframa

Segunda noite de festival folclórico agitou público no Centro Cultural Povos da Amazônia

Cidade | 13/06/2022 - 23:55
Foto: Antônio Pereira - Semcom - Manaus

Grupos brilharam na noite de segunda na arena

 

O espetáculo desta terça-feira, 14/04, no 64º Festival Folclórico do  Amazonas, que está sendo realizado na Bola da Suframa, ficará por conta da Tribo Mura, Xote Carolina, Cacetinho, Quadrilha de Duelo Espiões na Roça, Bichas Loucas e Ciranda Sonho Cirandeiro. 
 

 Na segunda-feira, 13/06, os grupos que integram as categorias bronze e prata agitaram as mais de 5 mil pessoas que foram à arena do Centro Cultural Povos da Amazônia (CCPA), no Distrito Industrial, na zona Sul de Manaus, acompanhar a segunda noite do festival que é promovido pela Prefeitura de Manaus e o governo do Amazonas, com entrada gratuita.  
 
 

Os grupos folclóricos União Hit Dance (dança alternativa), Filhos de Lampião (dança nordestina), Garotas da Noite (quadrilha cômica), Águias de Ouro (ciranda), Syria do Amazonas (dança internacional) e Unidos na Roça (quadrilha tradicional) comandaram a festa, que vai até o dia 23. 

Movimentando economia 

De acordo com o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Alonso Oliveira, o festival retorna ao calendário de eventos do município movimentando a economia local com um fomento de aproximadamente R$ 1 milhão.

“Esse festival tem uma importância grandiosa para a gestão do prefeito David Almeida, que atendeu as reivindicações do segmento folclórico de nossa cidade. Uma delas foi trazer o festival para o mês de junho, outra foi rever várias danças que estavam fora da categoria bronze, que precisam de uma oportunidade, fizemos tudo o que foi prometido. Contribuímos também com esse fomento de 20% de aumento. Hoje, nós temos praticamente R$ 1 milhão de investimentos na realização desse festival”, afirmou.   

Já o diretor da Liga Independente dos Grupos Folclóricos de Manaus, José de Arimatéia, que coordena 89 grupos folclóricos, disse que a expectativa para o festival é alta, após dois anos sem o evento por conta da pandemia de Covid-19. 

“O mês de junho é altamente festivo, de alegria, o mês da família, e a nossa expectativa é a melhor possível, porque estávamos há dois anos parados por conta da pandemia de Covid-19, com todos reclusos em casa. Ontem (domingo) tivemos um grande público de mais de 10 mil pessoas. Quer dizer, o público  estava com saudades dessa grande festa popular, das comidas típicas. Realmente, esse festival é um sucesso, só pelo fato de a Prefeitura de Manaus e o governo do Estado resgatarem a cultura popular e com certeza esse investimento tem um retorno garantido”, argumentou.    

Na avaliação do jornalista Josias Muniz, 31, que levou a namorada Susy Ferreira, 35, para prestigiar a segunda noite do evento, após ver a divulgação nas redes sociais da prefeitura, o evento tem tudo para ser bem sucedido.

“Antes da pandemia eu cheguei a acompanhar alguns festivais, e, agora, no pós-pandemia, esperamos que seja muito produtivo como nos anos anteriores, e tem tudo para ser, por conta da volta do festival, aqui no Povos da Amazônia”, comenta. 

Atrações

Quadrilhas, cirandas, cacetinho, tribos, boi-bumbá, danças nacionais, internacionais e nordestinas serão apresentados pelos grupos na disputa de suas respectivas categorias.

Neste ano o corpo de jurados é composto por seis integrantes: teatrólogos, antropólogos, musicistas e historiadores, todos técnicos e com vasta experiência.

Além das apresentações dos grupos folclóricos, o festival também conta com uma feira de artesanato coordenada pela Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi) e um espaço atrativo para crianças (área Kids).

Os horários e a programação completa do festival podem ser consultados no site da Manauscult, pelo link https://bit.ly/64°FFA. 

Gastronomia

Este ano, 30 barracas compõe a feira gastronômica do festival, que foram doadas pelo governo do Amazonas e Prefeitura de Manaus às instituições sociais assistidas pelo Fundo de Promoção Social (FPS) do Estado e pelo Fundo Manaus Solidária do município, que estão operando as vendas de comidas e bebidas no local. 

As barracas estão localizadas próximas à arquibancada do anfiteatro e funcionarão durante todo o evento, iniciando a venda de produtos às 18h, com preços variando entre R$ 5 e R$ 35. 

O cardápio do festival apresenta comidas regionais e típicas da época junina, como milho cozido, pamonha, bolo de macaxeira, além de outros pratos como carne de sol, tacacá, farofas diversas, cachorro-quente, sanduíches, pizza, entre outros.
 
 
ACOMPANHE O MANAUS OLÍMPICA NAS REDES SOCIAIS

© 2015 - 2022. Manaus Olímpica. Todos os direitos reservados