Quinta-feira | 04/03/2021
▸ Acompanhe nas redes

NOTÍCIAS / cidade
Enviar por e-mail Compartilhar Imprimir

17.01.2021 - 12:35  |  Combate à Covid 19

Investigação da PGR precisa esclarecer fatos e identificar culpados

Reprodução

Augusto Aras

Muita gente já sabe que a Covid 19 mata, mas faz questão de ignorar que a corrupção mata muito mais

Por Warnoldo Maia de Freitas

Apesar de o comunicado da Procuradoria Geral da República (PGR) não citar o atual prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), no cargo há 17 dias, sobre a investigação aberta no sábado, 16/01, para apurar uma "eventual omissão" diante da chamada "crise do oxigênio", mas apontar, diretamente, o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), tem gente querendo, de qualquer maneira, envolver o novo chefe do Executivo municipal nessa história.

Quer dizer, estão distribuindo "interpretações equivocadas dos fatos" para confundir a opinião pública e tentar blindar o ex-prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), que passou oito anos no comando da Prefeitura de Manaus, mas não deu a atenção devida à rede municipal de saúde, tanto que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) estava operando com apenas 27 ambulâncias, porque outras 25 encontravam-se paradas, devido a problemas mecânicos e da falta de interesse do prefeito de ordenar a sua pronta recuperação.

As investigações promovidas, agora, pela PGR, precisam colocar luzes sobre os fatos relacionados com a saúde do Estado e Município, que muitos fizeram questão de não enxergar ao longo dos últimos oito anos e optaram por calar a voz diante de informações que apontavam para um provável caos, particularmente, após a pandemia provocada pelo novo coronavírus, que apenas serviu para tornar pública a situação deplorável das redes de saúde do Amazonas, onde as pessoas continuam sofrendo para conseguir ter  acesso a um direito constitucional e sagrado, que é o direito à saúde. 

Dinheiro sempre teve, mas pelo que se vê faltou gestão e interesse político para solucionar os problemas registrados há anos no estado. 
 
As informações divulgadas pela imprensa nos últimos anos, particularmente, no último, indicam inúmeros desmandos que precisam ser investigados com lupa, porque informam que há muito tempo tem gente fazendo farra com as verbas destinadas à área da saúde.

Muita gente sabe que a Covid 19 mata, mas faz questão de ignorar que a corrupção mata muito mais.
 
 
 

MAIS NOTÍCIAS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Publicidade
Publicidade
Publicidade

CURTA-NOS